Portal dos Bebês

Fonoaudiologia

Odontologia

FOB
Imprimir AumentarDiminuir

altere o tamanho do texto:

Dicas


Pratique

Nas primeiras vezes colocar o aparelho na criança pode ser um pouco confuso. Na sessão de uso e cuidados você pode encontrar informações sobre a maneira correta de colocar os aparelhos. Pratique e tenha paciência.






De olho na temperatura

Antes de tentar colocar o aparelho auditivo e molde na criança mantenha-os em suas mãos por alguns minutos, assim eles ficaram mais próximos à temperatura do corpo e causaram menos estranheza quando forem colocados na orelha da criança. 


IMPORTANTE: Nunca tente aquecer o aparelho e/ou molde com secador de cabelos, forno, microondas nem qualquer outro tipo de sistema de aquecimento.




Tente distinguir se o problema é o molde ou o som amplificado pelo aparelho

Para determinar se a criança está com problemas em aceitar o molde auricular ou se ela está tendo problemas com o som amplificado pelo aparelho, coloque somente o molde na orelha da criança. Deixe a criança ficar com o molde por um tempo a fim de se acostumar com a sensação de ter o molde na orelha.
Quando a criança se adaptar ao molde, conecte o aparelho ao mesmo, mas deixe-o desligado. A criança pode precisar de um tempo para se acostumar com a colocação e o “peso” do aparelho na orelha.  
Depois ligue o aparelho com o volume na posição especificada pelo fonoaudiólogo. Se a criança quiser retirar os aparelhos neste momento, pode ser que o problema esteja relacionado à amplificação do som. 
Se parecer que a criança está incomodada com o som, diminua o volume. Deixe o aparelho neste volume mais fraco e dê uma oportunidade para a criança se ajustar à sensação sonora. Quando a criança parecer que está acostumada, aumente o volume do aparelho para a posição recomendada e observe se a reação de incômodo reaparece. 
Se a criança demonstrar incômodo relacionado diretamente ao som, mantenha o aparelho em um volume mais fraco e entre em contato com o fonoaudiólogo explicando a situação. Esta informação pode ser útil para o processo de ajustes internos do aparelho. 
Importante: os ajustes nas regulagens internas do aparelho só podem ser feitos por um fonoaudiólogo.


Aproveite o soninho



Se o seu filho é ainda bebê, é preferível que você tente colocar o aparelho um pouquinho antes do horário em que ele acorda. Desta forma a criança não se sentirá tão incomodada e você conseguirá colocar os aparelhos mais facilmente.




Use gorros, bonés e chapéus

Bebês e crianças pequenas passam grande parte do tempo explorando o ambiente a sua volta, inclusive as orelhas e o aparelho auditivo! Você pode usar um chapéu ou gorrinho fino para cobrir a orelha e evitar que a criança retire os aparelhos. Isto pode ser necessário até que a criança pare com este hábito.
IMPORTANTE: É necessário ter certeza de que o gorro/boné/chapéu não faz com que o aparelho apresente microfonia e nem altere o modo como o aparelho capta os sons.
Você também pode utilizar as tiaras ou “arquinhos” com flores e bichinhos, bonés e chapéus antes de colocar o aparelho na criança para que ela se acostume com a sensação ou uma pequena pressão na região atrás da orelha. Desta forma a criança vai se habituando a ter algo sendo usado naquele local.




Escolha o momento


No começo, tente colocar o aparelho logo pela manhã, na hora de vestir a criança, a fim de que o aparelho faça parte desta rotina.
Outra sugestão é colocar os aparelhos quando a criança estiver relaxada e brincando. Deixe a criança fazer alguma coisa que ela goste enquanto está com os aparelhos. Aproveite este momento para estimular a comunicação e contato direto entre você e seu filho. 
Enquanto a criança estiver usando os aparelhos introduza atividades que envolvam a audição (por exemplo, cante músicas, use brinquedos sonoros). Chame a atenção da criança para os sons. Ao longo do tempo a criança pode associar um significado para o som, isto faz com que ela fique menos resistente à colocação do aparelho e passar a utilizá-los por períodos mais longos.
Se você tiver dificuldade, coloque os aparelhos quando outras pessoas ou familiares possam lhe ajudar. 



Apresente o aparelho para a criança

Apresente o aparelho como algo legal e divertido. Quando for mostrar o aparelho para a criança demonstre atitudes positivas, por exemplo, sorria e bata palmas.  
Dê oportunidade para a criança olhar e tocar o aparelho. Por exemplo, sente-se no chão, sobre um tapete e coloque o aparelho no chão, deixe a criança tocá-lo, peça para a criança colocá-lo na orelha. Deixe que ela tente colocar e então ofereça sua ajuda. 
Lide com o aparelho como sendo um novo amigo da criança. Procure fazer coisas que tornem o aparelho interessante e agradável para ela. Use a imaginação e aproveite o momento para se divertir com a criança e o aparelho. Por exemplo, manuseie o aparelho como se ele fosse um brinquedo. Dê vida ao aparelho e brinque de faz de conta... O aparelho pode se transformar em um carrinho ou um gatinho, por exemplo. Você pode colocar o aparelho sobre o braço da criança e imitar o som do carro, ir subindo com ele pelos ombros, pescoço, rosto, até que chegue bem próximo das orelhas da criança. Desta forma gradativamente a criança vai se habituando com o aparelho em seu devido lugar.



Mantenha as mãos da criança ocupadas


Tente deixar as mãos da criança ocupadas enquanto ela usa os aparelhos. Se a criança estiver com as mãos ocupadas ela não irá utilizá-las para retirar o aparelho da orelha. Veja algumas das atividades:

– Cante uma música infantil usando as mãos da criança para bater palma. Por exemplo: “Pirulito que bate bate”, “Marcha soldado”, etc.

– Faça bolhas de sabão para a criança estourar com as mãos.

– Conte uma estória, mostre figuras em um livro, de preferência que a criança possa manipular.

- Utilize brinquedos de encaixe.


Use brinquedos


Distrair a criança com um brinquedo pode facilitar o trabalho de colocar o aparelho auditivo. Este brinquedo pode ser o preferido da criança ou até mesmo um brinquedo “especial” que a criança só brinque com ele quando estiver com o aparelho.


Use outros adultos e bichos de pelúcia como modelo


Brinque com a criança deixando-a colocar o aparelho na orelha de um adulto, boneca ou bicho de pelúcia.
Coloque o aparelho perto de sua orelha também, como se você o estivesse usando. Mostre o aparelho na sua orelha, sorria, para que seu filho veja o aparelho em você e sinta vontade de usá-lo. 
Você também pode fazer um aparelho auditivo para a boneca ou bicho de pelúcia. Com tinta dimensional (relevo) vendida em lojas de artesanato, você pode desenhar aparelhos na orelha de bonecas. Você também pode fazer uma imitação de aparelho usando feltro ou de um material chamado E.V.A para colocar  nos bichos de pelúcia.


Tente, mas saiba quando parar

Quando a criança não quer de maneira nenhuma usar o aparelho auditivo, mesmo após várias tentativas e estratégias, pare de tentar e deixe que você e a criança tenham um descanso.  Se você não fizer isto o ato de colocar o aparelho se tornará muito desagradável para ambos.   
Tente introduzir o aparelho em uma outra situação. Se a criança não aceita colocar o aparelho naquela hora e momento, você pode tentar mais tarde ou no dia seguinte.


Elogio e recompensa

Elogie o seu filho sempre que ele estiver com os aparelhos. Ofereça recompensas quando a criança usá-los, como, por exemplo, fazer uma brincadeira especial que ela goste. Isto motivará a criança a querer usar os aparelhos.
Não confunda recompensar com “barganhar”. Não tenha atitudes do tipo “se você usar o aparelho eu lhe compro tal coisa”. A recompensa deve ser sutil, de forma que a criança perceba sozinha que quando ela apresenta um determinado comportamento (por exemplo, usar o aparelho) algo bom acontece (por exemplo, uma brincadeira, um passeio na praça ou no parquinho).
Quando a criança é muito resistente para colocar os aparelhos é necessário começar a reforçar cada atitude positiva da criança quanto ao uso destes dispositivos. Por exemplo, no começo a recompensa pode ser dada se a criança deixar você colocar o aparelho na orelha. Quando isto já se tornar natural, apresente a recompensa somente quando a criança permanecer com o aparelho por algum tempo. Depois, determine um tempo maior de permanência do aparelho para recompensar a criança - e assim sucessivamente a recompensa vai sendo oferecida sempre que a criança der “um passo a mais” na direção do objetivo final que é o uso continuo do aparelho.



Personalize o aparelho – uso de cores e adesivos

Já por volta dos três anos algumas crianças podem gostar de ter aparelhos e moldes coloridos.  Deixar que a criança escolha a cor do molde ou do aparelho pode ajudar a fazer parte do processo. Diferentes empresas possuem aparelhos e moldes com cores distintas.

O uso de adesivos para decorar os aparelhos pode torná-los mais atrativos para a criança. A criança ficaá mais motivada em usar os aparelhos se eles tiverem o adesivo de um personagem ou desenho que ela goste.





Tenha cuidado com os “jogos de poder”



Quando a criança cresce e fica mais independente ela pode facilmente aprender a usar o aparelho auditivo de modo a desafiar os pais. É importante que você como pai esteja a cargo do uso do aparelho na criança. Mesmo que a criança retire os aparelhos da orelha com freqüência, você deve colocá-los de volta e marcar um limite de tempo para que a criança fique com os mesmos. 


Contato com outras crianças que usam aparelhos auditivos

Tenha contato com outras famílias e crianças que usam aparelho auditivo, isso dará a possibilidade ao seu filho de ver e perceber que não é o único e isso poderá fazer com que ele aceite o aparelho mais facilmente.



Estabeleça o tempo de uso

Uma vez que a criança aceitou a colocação dos aparelhos, é necessário estabelecer uma rotina com o tempo de uso do aparelho.
o Comece estabelecendo um tempo para o uso do aparelho. Pode ser, por exemplo, 5 a 10 minutos ou a duração de um desenho na TV, a duração de uma refeição. È importante que a criança acompanhe o começo e o final do processo. Se for apropriado para o nível de desenvolvimento do seu filho, você pode utilizar um alarme ou relógio ou outro marcador de tempo. 
o Se a criança mantiver os aparelhos na orelha durante todo o tempo que você determinou, retire os aparelhos faça um elogio pelo comportamento da criança. Lembre-se que você é quem deve retirar os aparelhos e não o seu filho!
o Se a criança não deixa os aparelhos no ouvido por todo o tempo, retire-os e tente novamente mais tarde.
o Faça uma rotina de modo que a criança coloque os aparelhos várias vezes ao dia por 10 minutos. Depois vá aumentando o tempo gradativamente para 15 a 20 minutos.
o Nos momentos iniciais coloque os aparelhos em um ambiente que esteja mais silencioso. Verifique a posição do controle de volume para ver se está no local correto (veja também as travas para o controle de volume).
F.A.Q.
Desenvolvido por Lecom S.A.