Portal dos Bebês

Fonoaudiologia

Odontologia

FOB
Imprimir AumentarDiminuir

altere o tamanho do texto:

Desenvolvimento normal da aquisição da linguagem

O bebê desde o nascimento utiliza recursos, como o choro, o olhar, gestos, vocalizações e expressões faciais para se comunicar. Portanto, é importante que os pais e cuidadores saibam que a comunicação da criança começa muito antes da mesma conseguir falar e é através da linguagem que o bebê tem acesso ao conhecimento.  

Para entender e proporcionar um melhor desenvolvimento da criança primeiramente deve-se entender o que é linguagem e como ela ocorre.

Linguagem refere-se à capacidade que temos para entender o que foi dito e reproduzir o que desejamos (a fala), sendo está considerada a primeira forma de socialização e comunicação. Desta forma, é através da linguagem que o bebê começa a entender o que está sentindo, o que está vendo, formar conceitos de ações, formas e objetos e desenvolver a linguagem oral, ou seja, a fala.

Vários fatores devem ser considerados para a melhor compreensão do processo de aquisição da linguagem de cada criança. Esses fatores dizem respeito:

• Bom estado do sistema nervoso central (cérebro) e seu amadurecimento adequado;
• Integridade da audição e da visão;
• Habilidades cognitivas como memória, raciocínio, juízo e percepção do que é certo e errado;
• Influências do ambiente;
• e a estimulação.
  

Quando encontramos algum desses fatores alterados os pais e cuidadores precisam acompanhar com mais rigor o desenvolvimento do bebê e procurar o profissional habilitado para verificar o que está ocorrendo, pois qualquer alteração irá interferir diretamente no desenvolvimento da linguagem e por conseqüência alterar o percurso normal da aquisição da fala e da comunicação. E quanto mais cedo for a intervenção do terapeuta melhores serão os resultados finais do desenvolvimento. 
F.A.Q.
Desenvolvido por Lecom S.A.