Portal dos Bebês

Fonoaudiologia

Odontologia

FOB
Imprimir AumentarDiminuir

altere o tamanho do texto:

Super Proteção

Proteger os filhos é obrigação dos pais, mas quando essa proteção se torna excessiva, o desenvolvimento e crescimento das crianças podem ser seriamente comprometidos.

A proteção em excesso pode atrapalhar o desenvolvimento da linguagem. Uma criança que convive na maior parte do seu tempo com adultos e estes faz tudo para a criança sem que ela precise pedir (como pegar um copo de água quando a criança aponta para o filtro), pode ter seu desenvolvimento da linguagem alterado, já que ela não sentirá necessidade de falar, pois os pais (ou avós, cuidadores...) sempre estão por perto para fazer o que deseja.

É necessário entender que a criança tem que sentir a necessidade de falar e descobrir o quão importante é esse ato, é um processo novo e difícil para a criança, mas que ela precisa vivenciar. Se ela aponta e tem o que quer na mão, sempre usará dessa atitude para conseguir o seu desejo e não será forçada a falar.

Assim, as crianças quando crescerem também podem ter dificuldades de se relacionar e enfrentar os obstáculos longe da presença  dos pais. Por isso é importante alguns cuidados em relação à super proteção:

• Manter os filhos sobre seus cuidados é necessário, mas é importante que os mesmos possam explorar o local onde estão;
• Não faça todas as vontades de seu filho só porque não tem muito tempo com ele. Qualidade é melhor que quantidade;
• Quando a criança pedir algo apontando apenas, estimule-a a falar perguntando o que ela quer e esperando uma resposta. Caso a criança nada fale, você pode dar opções (Exemplo: Você quer água ou a boneca?)

  
F.A.Q.
Desenvolvido por Lecom S.A.