Portal dos Bebês

Fonoaudiologia

Odontologia

FOB
Imprimir AumentarDiminuir

altere o tamanho do texto:

O Que é a Deficiência Auditiva?

Qualquer distúrbio no processo de audição normal seja qual for sua causa, tipo ou severidade, constitui uma alteração auditiva. A deficiência ou perda auditiva ocorre quando existe um problema em uma ou mais partes do ouvido.

Para que você consiga entender melhor a deficiência auditiva do seu filho, é preciso conhecer alguns fatores e estar familiarizado com alguns termos.

Perda Congênita e Perda Adquirida

Se a criança nasceu com a deficiência auditiva é chamada de “congênita”. Se a deficiência apareceu após o nascimento é chamada de adquirida.

Perda Bilateral e Perda Unilateral

Se a criança possui a perda auditiva nos dois ouvidos é chamada de “perda auditiva bilateral”. Quando apenas um ouvido é afetado, é chamada de “perda auditiva unilateral”.

Perda Simétrica e Perda Assimétrica

No caso em que a criança apresenta perda auditiva nos dois ouvidos, quando elas são semelhantes entre si é chamada de “perda auditiva simétrica”. No entanto, há casos em que a perda auditiva em um ouvido é diferente da perda do outro ouuvido, sendo então chamada de “perda auditiva assimétrica”.

Perda Progressiva

Uma perda progressiva é aquela que  vai se tornando pior ao longo do tempo.

Perda Súbita

A perda súbita, como o próprio nome já diz, é aquela que aparece de uma vez, rapidamente. Quando a perda súbita acontece é importante procurar imediatamente um médico para determinar sua causa e tratamento.

Perda Flutuante

Em alguns casos a audição da pessoa com perda auditiva se modifica – em alguns dias está melhor e em outros dias está pior. Isto se chama “flutuação”. A perda auditiva flutuante pode ser um sintoma de perdas condutivas, causadas, pro exemplo por uma infecção do ouvido, mas pode estar presente em outras condições.

Tipo da Perda Auditiva (clique para saber mais)

Qual ou quais estruturas do ouvido estão afetadas?

Grau da Perda Auditiva (clique para saber mais)

Qual os sons que a criança consegue ouvir? Quais freqüências estão afetadas?



Algumas destas informações podem ser obtidas quando a criança ainda é muito pequena. Outras informações só serão obtidas mais tarde, quando a criança tiver idade suficiente para participar em diferentes tipos de testes da audição. Maiores informações sobre o tipo e severidade da perda auditiva serão abordadas em outros tópicos.


F.A.Q.
Desenvolvido por Lecom S.A.